.

.

Vamos falar de cabelos? Cronograma capilar




Hoje vamos falar de um assunto que interessa a muita gente. Vejo que as postagens mais vistas e mais comentadas aqui do blog são sempre as relacionadas à cuidados com os cabelos. No facebook também muita gente sempre me pergunta sobre crescimento e cronograma capilar. Como já falei em outros posts não sou cabeleireira de formação, fiz um curso bem básico de penteados, mas não faço tratamentos, corte, tinturas, alisamentos e afins. Sou curiosa da área e sempre gostei de pesquisar e cuidar dos fios.

Descobri o cronograma capilar há aproximadamente 1 ano, no início segui tudo direitinho e aprendi muito sobre os meus cabelos. Hoje não sigo tão a risca até porque já consigo definir com mais facilidade o que faz bem e o que não faz.

Vou falar por alto pras vocês entenderem do que se trata e também um pouco da minha experiência com o "tratamento", preparadas?

Hoje quando vamos á procura de produtos para os cabelos seja em casas especializadas, farmácias ou supermercados nos deparamos com uma infinidade de produtos para as mais diversas necessidades, mas você já se perguntou para que serve, ou qual a diferença entre um produto para hidratação, nutrição e reconstrução?

Nossos cabelos possuem essas 3 necessidades, mas quando usar? Com que frequência e como usar? É isso que o cronograma vem nos falar.

O cronograma capilar nada mais é do que uma rotina de tratamento para os cabelos, que vai nos ajudar a repor tudo que o fio necessita, no tempo certo e com produtos adequados. A forma mais comum é realizada em ciclo de 1 mês, sendo obedecidas as etapas propostas semanalmente e quem determina o tempo de tratamento é você de acordo com a resposta do seu cabelo.

Então vamos entender as etapas:


Hidratação: Reposição de água perdida pelo fio. Principais fontes são os ingredientes naturais como algas, frutas, vitaminas e etc.

Nutrição: Reposição lipídica, geralmente são mais fortes que uma simples hidratação. Principais fontes são proteínas hidrolisadas como as de leite e trigo, ceramidas, óleos e manteigas, como manteiga de karité e óleo de argan.

Reconstrução: Reposição proteica. Aqui entra a nossa tão amiga e as vezes vilã queratina e seus derivados.

Só de ler até aqui algumas pessoas devem ter pensado no quanto terão de gastar com o cronograma, mas não se desesperem, dá para seguir a rotina utilizando vários produtos bem acessíveis e que já temos em casa.

O primeiro cronograma que segui e acredito que o mais comum, ficava assim:

1ª semana: Hidratação, hidratação, nutrição.
2ª semana: Hidratação, hidratação, nutrição.
3ª semana: Hidratação, nutrição, hidratação.
4ª semana: Nutrição, reconstrução, hidratação.

Nesse ciclo, lava-se o cabelo dia sim, dia não, nesse tempo de pausa o cabelo absorve o que necessita.

Mesmo achando que a maior necessidade do seu cabelo é a reconstrução, nunca comece o cronograma por ela pois antes o cabelo precisa estar hidratado e nutrido. Já ouviu aquela velha história que queratina em excesso quebra o fio? Pode confiar, é verdade. Então não se arrisque. Muitas vezes nos enganamos sobre a real necessidade dos nossos cabelos, então melhor ir com calma. 

Você vai notar que cada tipo de produto deixa o cabelo com um aspecto diferente e isso vai te ajudar a decifrar do que seu cabelo mais gosta ao longo do tratamento. Por exemplo: hidratação vai deixar seu cabelo leve, macio e bem molinho. Nutrição já deixa o cabelo mais pesado, sabe aqueles cremes que passamos e fica com cara de "ensebado"? Já a reconstrução deixa o fio mais alinhado, muitas vezes repõe a massa ou sela as cutículas, melhorando as pontas. Fique de olho! 

Quando tiver que retocar tintura, fazer mechas ou qualquer outro procedimento químico faça na quarta semana, antes da reconstrução.

Pra finalizar vamos falar de produtos, como disse pra vocês não é preciso gastar rios de dinheiros, você pode ter um óleo puro para fazer umectação na etapa de nutrição e pra isso vale o azeite de oliva.  Queratina líquida pode ser usada para a etapa de reconstrução, adicionada a cremes ou em forma de cauterização. Já as máscaras hidratantes são as mais baratinhas, gosto da Fusão da Natureza da Pantene, Yamasterol e dá pra fazer também aquelas máscaras caseiras de abacate, babosa, ovo, leite ou mel.

Acho que por hoje está bom né? Um bombardeio de novas informações para quem não conhecia o assunto. Prometo voltar com indicações de produtos para cada fase e quem sabe umas receitinhas caseiras, o que acham?

Qualquer dúvida deixem aí nos comentários.

Beijinhos e até o próximo post...

2 comentários:

  1. Eu sempre hidrato o meu cabelo e lavo 2 vezes por semana,adorei as dicas.O blog está com post novo lá,confere ?
    http://meuestiloe.blogspot.com.br/
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luana, cuidar dos cabelos é tudo de bom né? Eu adoro! Vou correndo ver seu post.

      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout feito por Lorrane Rodrigues | Missão Cinderela